Consultoria, Ergonomia, Prevenção de Ler/Dort e Promoção de Qualidade de Vida!

Segundo pesquisa realizada pela FIA (Fundação Instituto de Administração), a prática é a terceira ação mais valorizada pelos profissionais em uma organização, com 36,5% das citações.  “Pesquisas evidenciaram que a prática mais utilizada para promover a saúde e o bem estar dos trabalhadores é a Ginástica Laboral.”

Contudo, o que é exatamente ginástica laboral?

Segundo a Fisioterapeuta Lusiani Ferreira de Borba, da WorkCare, a ginástica Laboral é uma atividade física, com frequência e 2 a 5 vezes por semana, realizada no local de trabalho com exercícios de compensação por movimentos repetidos, sobrecargas musculoesqueléticas, para a ausência de movimentos (trabalho sentado, sem muita movimentação) e para postura incorreta no local de trabalho. Com a comprovação de benefícios fisiológicos, psicológicos e sociais. Em resumo, a GL é uma atividade que busca compensar os danos causados por sobrecargas posturais no trabalho, repetitividade e/ou atividades onde se mantém a mesma postura por períodos prolongados, prevenindo o LER/DORT e acidentes no trabalho, bem como evitando a progressão de lesões pré-existentes.

“A ginástica ajuda a fortalecer a musculatura mais debilitada, relaxar a musculatura tensionada e melhorar a postura, inibindo a ação dos agentes que podem causar dores e lesões”, explica a fisioterapeuta.

Para a adoção de um comportamento preventivo, evitando a acometimento por lesões, Lusiani orienta aos profissionais, que, sempre que possível, pausem suas atividades a cada uma hora por cinco minutos, em média, levantem-se, caminhem um pouco, aproveitem para beber água e depois retornem ao trabalho. Além disso, ressalta a importância da ergonomia no local de trabalho com a adequação do mobiliário, da iluminação, da temperatura, níveis de ruídos e até mesmo de questões organizacionais como o excesso de cobrança por metas e pressões no ambiente de trabalho. “Ambientes de trabalho carregados, cheios de pressões e situação de stress, tornam as pessoas mais tensas e predispostas e desenvolver LER/DORT. Um ambiente de trabalho mais tranqüilo reduz as possibilidades de colaboradores estressados e doentes.”

Benefícios

Dentre os benefícios da ginástica laboral, além de proporcionar uma melhor qualidade de vida no ambiente laboral, dando mais disposição ao profissional, está o fato de ela reduzir a incidência das dores e lesões mais comuns, como cefaléias, lombalgias, cervicalgias e tendinites, causadas, dentre outros fatores, por estresse e má postura.

Para o colaborador:

Fisiológicos

•             Provoca o aumento da circulação sanguínea em nível da estrutura muscular, melhorando a oxigenação dos músculos e tendões e diminuindo o acúmulo do ácido lático;

•             Melhora a mobilidade e flexibilidade musculoesquelética;

•             Diminui as inflamações e traumas;

•             Melhora a postura;

•             Diminui a tensão muscular desnecessária;

•             Diminui o esforço na execução das tarefas diárias;

•             Facilita a adaptação ao posto de trabalho;

•             Melhora a condição do estado de saúde geral;

•             Diminui o risco de acidentes no trabalho;

•             Previne a LER e DORTs.

•             Melhora a produtividade com menor desgaste físico;

•             Redução da sensação de fadiga no final da jornada;

Psicológicos

•             Favorece a mudança da rotina;

•             Reforça a auto-estima;

•             Estimula a adoção de atividades físicas freqüentes;

•             Mostra a preocupação da empresa com seus funcionários;

•             Melhora a capacidade de concentração no trabalho;

•             Desenvolve o conhecimento corporal.

Sociais

•             Desperta o surgimento de novas lideranças;

•             Favorece o contato pessoal;

•             Promove a integração social;

•             Favorece o sentido de grupo – se sentem parte de um todo;

•             Melhora o relacionamento.

 

Para a empresa:

•             Diminuição do número de acidentes de trabalho;

•             Redução nos gastos com serviços médicos;

•             Redução do absenteísmo (faltas ao trabalho);

•             Diminuição na rotatividade de funções favorecendo a especialização;

•             Aumento na produtividade e lucratividade da empresa;

•             Aumento de satisfação do empregado no ambiente de trabalho.

•             Subsídios para redução de sinistros ocupacionais, reduzindo as alíquotas do RAT (FAP)

•             Favorece a formação do “espírito de equipe” e cooperação.

•             Previne a LER e DORTs.

•             Melhora a produtividade com menor desgaste físico;

•             Mostra a preocupação da empresa com seus funcionários;

•             Melhora a capacidade de concentração no trabalho;

 

Dicas

No geral, explica a fisioterapeuta, as pessoas devem fazer exercícios orientadas por um profissional especializado. Contudo, alguns alongamentos simples podem ser feitos na empresa pelo próprio trabalhador, lembrando que, em caso de dor, é melhor parar e procurar orientação.

Quem trabalha muito tempo sentado, por exemplo, sobretudo em frente ao computador, pode entrelaçar as mãos atrás da nuca e inclinar a cabeça para frente, encostando o queixo no peito. Pode também inclinar a cabeça em direção ao ombro, repetindo em ambos os lados.

Para aliviar as tensões nos pulsos, o profissional pode esticar os braços para frente, espalmar as mãos (abrir as mãos estendendo os dedos) e levar os dedos em direção do corpo.

Já aqueles que trabalham muito tempo em pé, podem flexionar o joelho e puxar uma perna de cada vez em direção aos glúteos. Para aliviar a região lombar podem  inclinar calmamente o tronco para frente levando as mãos em direção aos pés, mantendo os joelhos estendidos. Todos esses alongamentos podem ser realizados mantendo a posição por 15 a 30 segundos, lembrando de realizar em ambos os lados, quando for o caso.

Além disso, é importante a realização de alternância de posturas (em pé e sentado) para evitar a sobrecarga postural.

Fonte: WorkCare

 

About these ads

Comentários em: "O que é a Ginástica Laboral? Quais os seus benefícios?" (2)

  1. participar de ginastica laboral,seria o mais correto,nao so pelas posturas como tambel pelo esforco fisico

    • Com certeza Adejair, pois o trabalho braçal geralmente nos impõe esforços físicos excessivos com sobrecarga postural. A ginástica laboral atua preparando os trabalhadores para essas atividades ‘pesadas’, pois com o corpo aquecido, o risco de lesão diminui e claro que trabalhadores orientados quanto à melhor maneira de realizar o seu trabalho sem sobrecarregar a coluna e outros articulações, terão menos dor e mais qualidade de vida. Obrigada por sua participação.
      Lusiani Ferreira de Borba
      Fisioterapeuta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: